Pagamentos
Open Banking
Pagamentos
Open Banking
20 de junho de 2024
5 min

Como maximizar a eficiência com pagamentos de crédito ACH

Trustly

A maioria das pessoas faz pagamentos regularmente por meio do sistema de crédito da Câmara de Compensação Automatizada (ACH) sem nem mesmo perceber. Um exemplo comum é enviar dinheiro para a conta Venmo de seu amigo depois de dividir a conta do restaurante.

O crédito ACH é uma transferência eletrônica de fundos que permite pagamentos rápidos e seguros de conta para conta. Essa opção de pagamento cresceu em popularidade porque permite que empresas e indivíduos controlem o tempo de pagamento e tem taxas de processamento mais baixas do que os bancos tradicionais. De acordo com a Nacha, a associação que gerencia a rede ACH, os pagamentos aumentaram 4,8% em relação ao ano anterior em 2023, com os créditos contribuindo com US$ 52,7 trilhões (acima dos US$ 50,2 trilhões em 2022). Os principais impulsionadores desse crescimento foram os pagamentos ACH no mesmo dia e entre empresas.

Entender as transações de crédito ACH é essencial para qualquer empresa que queira otimizar seus processos de pagamento e aumentar a segurança financeira. Neste artigo, você aprenderá mais sobre essa forma de pagamento, seus benefícios e como você pode aproveitá-la para o crescimento e a estabilidade dos negócios.

O que é crédito ACH?

As transferências de crédito ACH ocorrem quando os fundos são transferidos da conta bancária de um pagador para a conta de um destinatário por meio da rede ACH. ACH é um sistema interbancário de transferência de fundos que permite que os usuários façam transferências de uma instituição financeira para outra. Esse sistema é processado pelo Federal Reserve dos EUA ou pela The Clearing House, um consórcio dos principais bancos dos EUA.

Pense na rede ACH como uma via central que os bancos e as cooperativas de crédito usam para movimentar o dinheiro de seus clientes. A ACH se baseia em um sistema de processamento em lote que mantém as transações financeiras rápidas e seguras.

Devido a essa interconectividade, o crédito ACH permite depósitos e pagamentos diretos por meio de aplicativos e sites. Ele possibilita transações de contas bancárias sem os métodos tradicionais, como transferências eletrônicas, cheques em papel ou taxas caras de processamento de cartão de crédito. Por exemplo, uma empresa pode usar o crédito ACH para garantir que todos os seus funcionários recebam seus salários ao mesmo tempo, sem os atrasos e os riscos que vêm com os cheques em papel.

Como o crédito ACH difere do débito ACH?

Há dois tipos de transferências ACH: crédito e débito. A principal diferença entre eles é que os pagamentos de débito retiram fundos diretamente da conta do pagador (sem que o pagador tenha de iniciar qualquer transação). Isso é normalmente usado em pagamentos recorrentes, como assinaturas, contas de serviços públicos e aluguel.

Em contrapartida, o crédito ACH é iniciado pelo pagador, o que oferece mais controle sobre o gerenciamento do fluxo de caixa. As empresas preferem esse método para distribuir grandes somas de dinheiro, como bônus de fim de ano ou pagamentos de fornecedores. Esse controle preciso e a visibilidade do caixa ajudam as empresas a manter uma melhor estabilidade financeira, inclusive evitando taxas de cheque especial. Ele também minimiza a fraude, pois os pagadores precisam autorizar os pagamentos a crédito todas as vezes.

Como funcionam os pagamentos em crédito ACH?

O início de uma transação de crédito ACH envolve quatro etapas principais. Todo esse processo usa a infraestrutura avançada e altamente monitorada do sistema ACH para rastrear, verificar e liquidar fundos entre instituições financeiras:

  1. Autorização. O pagador concede permissão ao seu banco (a Instituição Financeira Depositária Originária ou ODFI) para transferir os fundos para outra conta bancária (Instituição Financeira Depositária Receptora ou RDFI). Essa etapa geralmente ocorre on-line por meio de um aplicativo bancário móvel ou plataforma digital. O pagador fornece as informações da conta do beneficiário e a data de liquidação desejada.
  2. Envio. O ODFI envia os detalhes necessários da transação, inclusive o número de roteamento e o número da conta bancária, para a rede ACH em lotes.
  3. Processamento. A rede ACH facilita a verificação e o encaminhamento desses fundos para a RDFI. Se não houver erros ou sinais de alerta, as instituições financeiras envolvidas liquidam esses fundos.
  4. Conclusão. O RDFI deposita os fundos na conta do beneficiário, normalmente em um ou dois dias úteis ou no mesmo dia (com taxa adicional), dependendo do tempo de processamento definido entre os bancos envolvidos.

5 Aplicações práticas do crédito ACH

Alguns dos casos de uso mais comuns do crédito ACH incluem:

  1. Reembolsos de clientes. Os reembolsos de crédito ACH (ou devoluções de crédito) ocorrem quando o pagamento é devolvido ao pagador, às vezes causado por um erro de transação (principalmente devido a informações incorretas). Isso é particularmente útil para empresas de comércio eletrônico, em que a satisfação do cliente depende da rapidez com que os reembolsos são processados.
  2. Depósito direto ou folha de pagamento. As empresas usam o crédito ACH para depositar os salários diretamente nas contas bancárias dos funcionários.
  3. Pagamentos de fornecedores. As empresas podem gerenciar com eficiência os pagamentos da cadeia de suprimentos em tempo hábil, o que pode melhorar a eficiência operacional e o relacionamento com os fornecedores.
  4. Gerenciamento de impostos. A coleta de pagamentos de impostos e a distribuição de restituições de impostos são simplificadas por meio de crédito ACH, o que aprimora os serviços governamentais e as operações financeiras. Esse método também facilita muito o pagamento pontual dos contribuintes.
  5. Desembolso de sinistros de seguros. As seguradoras frequentemente usam crédito ACH para liberar desembolsos aos segurados, de modo que esses pagamentos sejam liberados de forma rápida e segura.

5 principais benefícios do crédito ACH

Para as empresas, as vantagens de usar esse método de pagamento incluem taxas de processamento mais baixas e maior satisfação e fidelidade do cliente:

  1. Eficiência de custos. Embora o Nacha não defina as taxas de ACH, os custos típicos variam de 15 a 25 centavos, de acordo com uma pesquisa da Association for Financial Professionals. Enquanto isso, a emissão de cheques em papel pode custar entre US$ 2 e US$ 4, e as taxas de processamento de pagamentos com cartão de crédito são normalmente de 1,5 a 3,5% do valor total da transação. As transferências eletrônicas, embora rápidas, também podem ter taxas mais altas que podem se acumular significativamente ao longo do tempo, especialmente para grandes volumes de pagamento.
  2. Segurança avançada. Embora não sejam totalmente isentas de riscos, as transações de crédito ACH estão entre os métodos de pagamento mais seguros disponíveis. Elas operam em uma rede com padrões rígidos de segurança e revisão que protegem contra fraude e acesso não autorizado. O Comitê de Regras e Operações da Nacha também inclui o Tesouro dos EUA e operadores de ACH, como o Conselho de Governadores do Federal Reserve.
  3. Rapidez e conveniência. Com as integrações de pagamento ACH em Open Banking como APIs e finanças incorporadas, as empresas podem oferecer aos clientes uma flexibilidade de pagamento sem precedentes. Os clientes não só podem fazer transações financeiras on-line, como também podem acompanhar o status desses pagamentos em tempo real. Enquanto isso, o ACH no mesmo dia permite o processamento de várias transações no mesmo dia, o que é crucial para pagamentos de folha de pagamento e contas.
  4. Redução de erros de pagamento. A automação de pagamentos minimiza os erros que são a base do processamento manual. Com o crédito ACH e a integração da API Open Banking , uma vez que os detalhes do pagamento são configurados, o sistema eletrônico processa as transações de forma consistente e precisa, minimizando significativamente a supervisão causada por entradas incorretas. Esses erros podem ser caros e demorados para serem revertidos, principalmente para instituições financeiras que precisam manter uma taxa de retorno administrativo de 3% (retornos causados por contas fechadas ou detalhes incorretos).
  5. Gerenciamento confiável do fluxo de caixa. Como o crédito ACH permite a programação precisa de pagamentos, essa previsibilidade pode ajudar as empresas a prever seu fluxo de caixa com mais precisão. Saber quando os fundos serão creditados em suas contas pode ajudar nas operações diárias e no planejamento financeiro de longo prazo. 

Simplifique as transações de crédito ACH com Trustly

O crédito ACH é um método de pagamento eletrônico seguro, eficiente e econômico que aprimora o gerenciamento do fluxo de caixa e minimiza os erros de processamento. Trustly O Pay é uma solução do Open Banking que pode tornar as transações de crédito ACH mais rápidas e seguras. Nossa tecnologia permite conexões em tempo real com instituições financeiras para otimizar a experiência de pagamento.

Além disso, ajudamos os cobradores e as empresas de comércio eletrônico a gerenciar pagamentos recorrentes para melhorar a experiência do usuário. Nosso mecanismo de risco em tempo real também garante pagamentos no ponto de compra e reduz a fraude.


Fique por dentro

Obtenha insights exclusivos e atualizações sobre todos os assuntos relacionados a Open Banking e pagamentos.

Obrigado! Seu envio foi recebido!
Ops! Algo deu errado ao enviar o formulário.

Páginas e recursos relevantes

eCommerce
Pagamento por banco
Open Banking
17 de julho de 2024
5 min
Pagamento por banco versus cartões: Tempo de liquidação
Open Banking
eCommerce
Pagamentos
9 de julho de 2024
5 min
O que é fraude de ACH e como sua empresa pode evitá-la?
Pagamentos
Open Banking
eCommerce
8 de julho de 2024
5 min
Entendendo os pagamentos instantâneos: Um guia completo para empresas